segunda-feira, 26 de abril de 2021

TRIBUNAL JUDICIAL DA PROVÍNCIA DE SOFALA, COLOCA EM LIBERDADE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS INDICIADOS NOS CRIMES DE PECULATO E DESVIO DE FUNDOS


Trata-se de Vinte e Um funcionários do sector da Educação do distrito de Nhamatanda indiciados nos crimes de Peculato e Desvio de dinheiro público numa soma de Quarenta Milhões de Meticais.

O crime pelo qual foram detidos foi perpetrado entre os anos 2018 a 2020 onde foram desviados dos cofres públicos 40 milhões de meticais. Segundo o sector da Justiça, decorre neste momento um trabalho de investigação com vista a neutralização de outros funcionários envolvidos no esquema.
O Porta-Voz do Tribunal Judicial da Província de Sofala, António Charles, confirmou na última sexta-feira(23) a soltura de 21 funcionários do Sector da Educação no Distrito de Nhamatanda em Sofala, indiciados nos crimes de peculato e desvio de valor de 40 milhões de meticais.

Segundo António Charles, a soltura dos 21 arguidos foi mediante o pagamento de caução e identidade de residência, onde os mesmos passam a gozar de uma liberdade provisória.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Tens algo a dizer? Deixe aqui na caixa de comentários e nós agradecemos.