04/01/2022

NA ZAMBÉZIA: Transportadores praticam tarifas ilegais nos "chapa 100"


ZAMBÉZIA: TRANSPORTADORES DE PASSAGEIROS APLICAM TARIFAS NÃO AUTORIZADAS 

Na província da Zambézia, os transportadores de passageiros estão a aplicar, desde o último fim-de-semana, tarifas de transporte não autorizadas. Na rota Quelimane - Mocuba, por exemplo, os transportadores agravaram o preço da passagem para 250 meticais, contra os anteriores 200. 
De Quelimane à Namacurra os transportadores passaram o preço da viagem de 100 para 130 meticais. 
As novas tarifas estão também a ser aplicadas nas viagens interprovinciais, onde na rota Quelimane/Maputo o custo do bilhete passou de 2.400 MT para 2.800 e de Quelimane à Beira de 1.000 para 1.200 MT. 
O presidente da Associação dos transportes de passageiros na Zambezia Santos Ataide alerta que as tarifas são ilegais. (Gabriel Alfinete - Zambézia)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Tens algo a dizer?