Mostrar mensagens com a etiqueta Juventude. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Juventude. Mostrar todas as mensagens

domingo, 7 de março de 2021

CNJ E AMODEFA ASSINAM MEMORANDO DE ENTENDIMENTO

Foi na tarde desta quinta-feira (04 de Março), que o Conselho Nacional da Juventude (CNJ), representado pela presidente, Emília Chambal, e a Associação Moçambicana para o Desenvolvimento da Família (AMODEFA), representada por Santos Simione, Director Executivo, que assinaram um memorando de entendimento, cujo objectivo é promover e expandir a educação em saúde sexual e reprodutiva a nível nacional.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Doutores da Lei dos Novos Tempos e a Propagação dos Dogmas Sociais

Doutores da Lei dos Novos Tempos e a Propagação dos Dogmas Sociais



Quem é que nunca foi travado por um famoso doutor da lei, durante o exercício de suas funções? Seu superior hierárquico, seu colega, amigo, conhecido ou até mesmo um simples fulano de “X” que, no maior uso de suas puras competências intelectuais, naquele tom de o célebre doutor da lei, apareça com um apontamento de correções sem espaço para outras opções nem debate sobre o assunto… - Certamente que todos nós.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Presidente do CNJ visita Centro e Postos de Recenseamento Militar da Província de Maputo

Presidente do CNJ visita Centro e Postos de Recenseamento Militar da Província de Maputo



Emília Chambal, efectuou na manhã desta quarta-feira uma visita ao centro e postos de Recenseamento Militar, nomeadamente o Centro Provincial de Recrutamento e Mobilização de Maputo, Machava Sede e o Posto de Infulene, para acompanhar de perto o processo.
Na ocasião a Presidente do Conselho Nacional da Juventude ( CNJ) disse que há uma necessidade dos jovens recensear pois todas as instituições exigem que o jovem prove que fez o recenseamento.
Chambal sensibiliza os seus aderirem ao recenseamento militar frisando que a juventude não deve temer recensear devido a especulação "de que quem recenseia será recrutado para Cabo Delgado, o que não constitui verdade" esclareceu Emília.
Egídio António um dos jovens entrevistado pela nossa equipa de reportagem, contou que o recenseamento é crucial pois para ingressar em qualquer instituição é pertinente ter consigo a prova de que passou pelo processo.
O mesmo disse que teve conhecimento da necessidade de se recensear devido ao Edital da UEM, instituição na qual o jovem pretende concorrer a uma vaga para o ano lectivo 2021.
Egídio, disse ainda que não tem como ser recrutado pois quando tratou a declaração do bairro foi questionado sobre o uso do documento e ele referiu que seria para fins de recenseamento militar. Apesar da segurança que lhe foi transmitida, Egídio reza para que não seja recrutado.

A Província de Maputo, espera recensear 21,214 da meta prevista e até então recenseou mais de 50% (11.576).
Izildo Cossa, Presidente do Conselho Provincial da Juventude (CPJ ) da Província de Maputo, faz uma avaliação positiva mesmo com os desafios que tem tido pois está a se fazer trabalhoso sensibilizar os jovens, explicando a essência do recenseamento. A sensibilização devido ao momento em que o país atravessa tem sido na maior parte pelas redes sociais(whatsapp, facebook), mantendo uma conversa com a população nos seus distritos e assim a mensagem vai se alastrando.

"É um dever de todo o cidadão que completa 18 anos de idade até aos 35 anos de idade. b"Recensear é um dever patriótico. Recensear não significa ser recrutado", frisou Izildo Cossa.